Voltar aos Detalhes do Artigo O cinema de arquivo e a (des)pedagogia das sensibilidades: uma imersão em outros espaços e tempos