(Re)posicionando o feminismo islâmico
PDF

Como Citar

BADRAN, M. (Re)posicionando o feminismo islâmico . Acervo, v. 33, n. 2, p. 69-94, 30 abr. 2020.

Resumo

Este artigo traz um panorama das duas primeiras décadas do feminismo islâmico, quando este passa do nível nacional a um discurso global e ao ativismo coletivo transnacional/nacional. O movimento obtém algumas conquistas, como aquelas no plano das reformas legais e na diminuição de restrições ao acesso das mulheres a certas profissões nos países muçulmanos.

Palavras-chave: feminismo islâmico; reformas legais; transformação social.

PDF

Creative Commons License

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença  Creative Commons 4.0 Internacional