“Tudo era área indígena”: território, exercícios tutelares e processos de r-existência entre os tenetehar-tembés no século XX
PDF

Como Citar

RIBEIRO, B. E. DA S.; MEIRA, M. “Tudo era área indígena”: território, exercícios tutelares e processos de r-existência entre os tenetehar-tembés no século XX. Acervo, v. 34, n. 2, p. 1-25, 24 ago. 2021.

Resumo

O artigo analisa as dinâmicas sociopolíticas e territoriais entre os tenetehar-tembés no nordeste paraense, a partir da atuação do Serviço de Proteção aos Índios. Diante da presença tutelar, com a criação da reserva e demais interdições nessa região, os indígenas desenvolveram estratégias e formas de agenciamento do território e modus vivendi que assinalam importantes contextos de r-existência no século XX.

Palavras-chave: Pará; Serviço de Proteção aos Índios; relações interétnicas; territorialidade tembé.

PDF

Creative Commons License

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença  Creative Commons 4.0 Internacional