Voltar aos Detalhes do Artigo Práticas insurgentes e desobediência epistêmica: currículo próprio, que vem do chão