A cartografia das fortificações da Amazônia nos séculos XVII e XVIII
PDF

Arquivos suplementares

Mapa da Amazônia com a localização dos 11 fortes
Planta Geral da Cidade de Belém Do Pará
Planta do Forte de São José da Barra
Planta do Forte de Santarém
Planta da Fortificação de São Jozé de Macapá

Palavras-chave

Amazônia
Fortificações
Cartografia
Fronteira
Relações Internacionais.

Como Citar

COSTA, G. G. DA. A cartografia das fortificações da Amazônia nos séculos XVII e XVIII. Acervo, v. 29, n. 1, p. 116-133, 27 abr. 2016.

Resumo

Este artigo faz parte de um projeto de pós-doutorado sobre as fortificações na Amazônia, de 1616 a 1760, fruto da acomodação europeia inscrita na Westphalen Order de 1648 e do Tratado de Madri de 1750. Delimita as posses coloniais no universo amazônico e se caracteriza pela interdisciplinaridade. Nesse contexto, a cartografia, a arquitetura, a história e as relações internacionais se entrelaçam. Examina o contexto histórico, a cartografia dos limites, a geopolítica e a sociologia da conquista. Estuda a cartografia das fortificações na Amazônia brasileira e as características particulares da arquitetura militar produzida na região em meados dos séculos XVII e XVIII.

PDF

Creative Commons License

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença  Creative Commons 4.0 Internacional