Memória da loucura e as reflexões sobre a reforma psiquiátrica brasileira: o papel dos arquivos para a construção de políticas públicas na saúde mental
PDF

Palavras-chave

reforma psiquiátrica
loucura
história da psiquiatria
arquivo permanente.

Como Citar

RIBEIRO, D. C.; LAMB, N. E.; MASCARENHAS, W. F. Memória da loucura e as reflexões sobre a reforma psiquiátrica brasileira: o papel dos arquivos para a construção de políticas públicas na saúde mental. Acervo, v. 31, n. 1, p. 49-63, 2 maio 2018.

Resumo

Temos como objetivo debater a consolidação do Centro de Documentação e Memória do Instituto Municipal de Assistência à Saúde Nise da Silveira (IMASNS), cujo acervo está relacionado à história da psiquiatria e dos saberes médico-psicológicos. Analisaremos a importância que a documentação relativa às instituições psiquiátricas brasileiras tem tido, desde o início do movimento de reforma psiquiátrica, para as reflexões sobre o lugar social da loucura.

PDF

Creative Commons License

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença  Creative Commons 4.0 Internacional