Memória da loucura e as reflexões sobre a reforma psiquiátrica brasileira: o papel dos arquivos para a construção de políticas públicas na saúde mental

Daniele Corrêa Ribeiro, Nayara Emerick Lamb, Wilma Fernandes Mascarenhas

Resumo


Temos como objetivo debater a consolidação do Centro de Documentação e Memória do Instituto Municipal de Assistência à Saúde Nise da Silveira (IMASNS), cujo acervo está relacionado à história da psiquiatria e dos saberes médico-psicológicos. Analisaremos a importância que a documentação relativa às instituições psiquiátricas brasileiras tem tido, desde o início do movimento de reforma psiquiátrica, para as reflexões sobre o lugar social da loucura.


Palavras-chave


reforma psiquiátrica; loucura; história da psiquiatria; arquivo permanente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acervo

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

 

ARQUIVO NACIONAL
Praça da República, 173 – Centro
Rio de Janeiro, RJ – Brasil - 20211-350

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desenvolvido com o código aberto SEER/OJS, baseado nos padrões e-GOV