As habilitações sacerdotais e os padres de cor na América Portuguesa: potencialidades de um corpus documental

Anderson José Machado de Oliveira

Resumo


O presente artigo visa apresentar uma breve discussão sobre uma fonte de natureza eclesiástica até o momento pouco explorada pelos historiadores brasileiros, principalmente, no que se relaciona à construção de uma história dos descendentes de escravos no período colonial. A riqueza das habilitações sacerdotais permite reconstruir trajetórias de africanos e seus descendentes, descrevendo complexos processos de mobilidade social.

 


Palavras-chave


Habilitações Sacerdotais – Clero de cor – Mobilidade Social – História da Escravidão

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Acervo

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

 

ARQUIVO NACIONAL
Praça da República, 173 – Centro
Rio de Janeiro, RJ – Brasil - 20211-350

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Desenvolvido com o código aberto SEER/OJS, baseado nos padrões e-GOV