A Comissão Nacional da Verdade e os militares perseguidos: desafios de um passado no tempo presente e futuro
PDF

Como Citar

CUNHA, P. R. DA. A Comissão Nacional da Verdade e os militares perseguidos: desafios de um passado no tempo presente e futuro. Acervo, v. 27, n. 1, p. 137-155, 28 abr. 2014.

Resumo

O presente ensaio tem por objetivo apreender a problemática histórica e contemporânea dos militares perseguidos, suas lutas e motivações no período de 1946 a 1988, bem como defende, enquanto hipótese, que sua intervenção política constitui uma expressão legítima de uma presença em defesa da democracia no Brasil. Mas não somente: a intervenção militante desse grupo a favor das causas nacionais igualmente remete a um diagnóstico, desafio entre os muitos grupos de trabalho da Comissão Nacional da Verdade, particularmente frente ao número de militares perseguidos, ou pela especificidade seletiva da repressão que recaiu sobre eles.

Palavras-chaves: militares perseguidos; Comissão Nacional da Verdade; anistia; militância; democracia.

 

Abstract

This essay aims to grasp the historical and contemporary issues related to the military personnel who were persecuted, their struggles and motivations over the period 1946-1988. Advocates as hypothesis that its political intervention is a legitimate expression of a presence in the defense of democracy in Brazil. But not only: the militant intervention of this group for national causes also refers to a diagnosis, which represents a challenge to many working groups of the Comissão Nacional da Verdade, especially when taking into account the number of military personnel persecuted or the selective specifi city of the repression that fell on them.

Keywords: persecuted military; Comissão Nacional da Verdade; amnesty; militancy; democracy.

 

Resumen

Este ensayo tiene como objetivo la comprensión de la problemática histórica y contemporánea de los militares perseguidos, sus luchas y sus motivaciones en el período 1946-1988; y sostiene, como hipótesis, que su intervención política es una expresión legítima de una presencia en la defensa de la democracia en Brasil. Pero no sólo: la intervención militante de este grupo enfavor de causas nacionales también se refiere a un diagnóstico, desafío entre los muchos grupos de trabajo de la Comissão Nacional da Verdade, en particular en relación con el número de militares perseguidos, o la especificidad selectiva de la represión que cayó sobre ellos.

Palabras clave: militar perseguido; Comissão Nacional da Verdade; amnistía; militancia; democracia.

PDF

Creative Commons License

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença  Creative Commons 4.0 Internacional