Dados e arquivos

acervo_v34_n3_banner_siteANp.jpg

A revista Acervo torna pública a chamada para o dossiê “Dados e arquivos”, que tem como editores convidados Vanessa Jorge, doutora em Ciência da Informação pelo Ibict/UFRJ e servidora da Fiocruz, onde é membro do Grupo de Trabalho em Ciência Aberta, e Luís Fernando Sayão, doutor em Ciência da Informação pelo Ibict/UFRJ, servidor da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Ibict/UFRJ.

Em um mundo rico em dados, a ciência contemporânea deixa de considerar os dados de pesquisa como meros subprodutos de sua atividade e cria novos contornos para seus processos e metodologias, tornando-os ativos informacionais essenciais na busca por novos conhecimentos e descobertas, que vão das ciências exatas às humanidades e artes.  A arquivologia e seus profissionais têm uma grande importância nessa nova configuração da ciência, manifestada, principalmente, em três vertentes: como campo que vem se dedicando ao desenvolvimento científico e empírico da gestão de documentos e da informação arquivística, apoiando as discussões sobre contexto, organicidade, tipologias, classificação, avaliação e destinação final dos dados de pesquisa; como patrimônio de conhecimento que pode amparar as reflexões sobre a preservação de longo prazo, para garantir a autenticidade, confiabilidade e proveniência dos dados de pesquisa de valor contínuo permanente; e como agente na disponibilização de acervos para seres humanos e computadores – na qualidade de dados de pesquisa –, contribuindo para o amálgama interdisciplinar necessário ao progresso da ciência.

Compreendendo a importância dos arquivos e da arquivologia para a ciência, a revista Acervo convida os profissionais, professores e pesquisadores que se dedicam à gestão e curadoria de dados, assim como aos estudos sobre esse campo, a publicarem suas experiências, práticas e teorias nesse número especial dedicado à arquivologia, aos arquivos e aos dados de pesquisa.

As submissões devem ser encaminhadas até o dia 31 de janeiro de 2021, pelo site da revista Acervo, para as seções Dossiê Temático, Artigos Livres e Resenha. O dossiê será publicado em setembro de 2021. Somente são aceitos textos que tenham pelo menos um dos autores com título de doutorado e os coautores devem ter no mínimo o mestrado em andamento. As contribuições devem estar de acordo com o foco e o escopo do periódico e seguir as normas editoriais.

Acesse: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/revistaacervo/about/submissions

Dúvidas: revista.acervo@an.gov.br